Após votação no Conselho de Ética, tropa de choque de Eduardo Cunha pedirá que ele renuncie

Por Painel

Visitinha A tropa de choque de Eduardo Cunha pedirá a ele que renuncie à presidência assim que acabar a votação no Conselho de Ética. Carlos Marun irá à residência oficial fazer o apelo.

Aval Se aceitar a segunda denúncia contra Cunha, o STF dará mais força a quem defende sua cassação, pois será o primeiro “reconhecimento” da Justiça sobre as contas na Suíça, também objeto da representação na Câmara.

Leia a íntegra da coluna aqui.