Governo Michel Temer vai reinaugurar Conselhão criado pelo ex-presidente Lula

Por Painel

Leva e traz A Casa Civil vai reinaugurar o Conselhão, o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, criado por Lula e praticamente esquecido por Dilma. O plano é estabelecer uma “via de mão dupla”, firmando parcerias entre governo, empresários e líderes de organizações sociais. A pasta ainda discute com integrantes do colegiado, como Jorge Gerdau, qual será o novo formato do grupo. Só depois se debruçará sobre eventuais mudanças na composição do conselho, que tem 92 membros.

Menor abandonado Indicado para a chefia da AGU pelo ministro Eliseu Padilha, Fábio Medina Osório perdeu o apoio do próprio padrinho.

Perdeu pontos O Planalto não gostou nada da tentativa de Osório de vincular a sua saída do governo às suas posições acerca da Lava Jato. Quem não defendia a demissão do advogado-geral acabou engrossando o caldo dos que pedem a sua exoneração.

Patota O presidente interino Michel Temer pretende levar para o cargo alguém de sua confiança, de fora da AGU.

Vamos trabalhar Deputados da base governista começam a se preocupar com um alinhamento excessivo entre a Câmara e o Planalto. Querem aprovar projetos do próprio Legislativo e evitar que a Casa fique com fama de “carimbadora do Michel”.

Me ajuda a te ajudar Já o governo conta com as eleições municipais para estimular os deputados a acelerar a votação da agenda econômica do Planalto. Acredita que eles precisarão mostrar serviço antes de subir no palanque de seus candidatos.

Até o fim Um dos peemedebistas assediados pelos rivais de Eduardo Cunha no Conselho de Ética, Mauro Lopes (MG) diz que votará contra a cassação. “O relator está querendo ser justiceiro e avançando além do que devia, não concordo com isso.”

Notório saber O PT conta com a origem jurídica de Ricardo Lewandowski para alongar no Senado os prazos do processo do impeachment, presidido pelo ministro. O partido acha que ele terá mais dificuldades em atropelar pedidos da defesa.

Dupla vip Só dois garçons têm autorização para entrar no gabinete de Temer. Ambos vieram da vice-presidência. O predileto da equipe é sargento da aeronáutica.

Me chama que vou O Ministério da Defesa se prepara para aumentar o efetivo de segurança na Olimpíada. Aguarda apenas o pedido oficial do governo do Rio para programar o reforço.

Para garantir Está previsto o envio de 18 mil oficiais à cidade durante os jogos, mas autoridades fluminenses sinalizaram que um número maior é bem-vindo.

Pauta quente José Serra receberá a primeira visita de um chanceler desde que assumiu o Itamaraty. Eladio Loizaga, ministro do Paraguai, chega a Brasília nesta quarta. Discutirão a situação na Venezuela e tráfico na fronteira entre os dois países.

apode0606painell

Pindaíba De um importante petista sobre o desemprego causado pela troca do governo: “Coloquei o apartamento à venda e troquei o Dove pelo Palmolive”.

Não tá comigo O Ministério Público de SP denunciou à Justiça Silvonei José de Jesus Souza, que clonou o celular de Marcela Temer e chantageou a primeira-dama interina. A promotoria não incluiu a mulher e a cunhada de Souza, também acusadas.

Operação padrão Representantes de agências regulatórias de Brasil, Estados Unidos, União Europeia, Chile, Colômbia e Peru discutem nesta segunda-feira (6) em San Francisco a padronização de exigências na fabricação de remédios.

Money, money O objetivo do encontro, promovido com apoio da Apex, é aumentar as exportações brasileiras.


TIROTEIO

O governo de Michel Temer está sob eterno efeito dominó. E isso só vai parar quando o último deles, o próprio presidente, cair.

DE RAIMUNDO BONFIM, coordenador da CMP (Central de Movimentos Populares), sobre a esperada saída do chefe da AGU do governo interino.


CONTRAPONTO

Desculpe, mas é engano 

No dia em que o presidente interino Michel Temer sondou o advogado Torquato Jardim para ocupar o lugar de Fabiano Silveira no Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle, o consultor político Gaudêncio Torquato deixava o Planalto, após um encontro com o peemedebista, quando foi abordado por um jornalista.

— Estou sabendo que o senhor foi sondado para ser o novo ministro da Transparência!

Torquato não conteve a gargalhada.

— Para ser absolutamente transparente: Não fui!

Logo emendou:

— Você confundiu os Torquatos, meu caro.