Membro da Executiva do PP inicia processo de expulsão de Waldir Maranhão do partido

Por Paulo Gama
Waldir Maranhão (PP-MA) reúne-se com aliados no dia em que assumiu interinamente a presidência da Câmara

O deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), integrante da Executiva do partido e favorável ao impeachment de Dilma Rousseff, assinou nesta segunda-feira (9) o requerimento de abertura de processo disciplinar que pede a expulsão de Waldir Maranhão (MA) da sigla, por ter contrariado a orientação do partido na votação da abertura do processo contra a petista.

A decisão é retaliação à decisão do deputado de anular a sessão que aprovou a abertura do impeachment de Dilma. Antes da decisão de Maranhão, a cúpula do partido refutava a possibilidade de pedir sua expulsão, e preferia apenas tirar o comando do diretório do Maranhão.

O pedido estava parado no partido por falta de uma assinatura de algum membro da Executiva que daria continuidade aos trâmites.

Os pedidos de punição de Maranhão e dos outros deputados que contrariam a orientação do partido na votação do impeachment seguem hoje para o secretário-geral da sigla, que prometeu a Goerjen que dará andamento e agilidade ao pedido.