Antes de anular impeachment, Waldir Maranhão voou a Brasília acompanhado de Flávio Dino

Por Renata Agostini

Na véspera da decisão de anular a sessão que autorizou o processo de impeachment de Dilma Rousseff, o presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), viajou a Brasília acompanhado do governador de seu Estado, Flávio Dino (PC do B) — um dos principais aliados da petista.

O comunista embarcou em avião da FAB a convite do deputado, que tem a prerrogativa de usar a aeronave por causa da presidência da Câmara.

O governador foi um dos principais articuladores para manter o voto de Maranhão contra a abertura do impeachment na sessão de 17 de abril.