Oposição formaliza movimento pró-impeachment com petição eletrônica

Por Paulo Gama

Líderes de oposição ao governo Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados marcaram o lançamento formal do Movimento Pró-Impeachment para a próxima quinta-feira. Em um ato na própria Câmara, devem divulgar uma petição eletrônica pra recolher assinaturas em defesa do afastamento de Dilma. O grupo deve contar ao menos com os líderes de PSDB, DEM, PPS, PSC e Solidariedade.

O movimento é amparado simbolicamente pelo pedido apresentado por Helio Bicudo, mas ainda analisa todos os requerimentos protocolados na Câmara para decidir qual será formalmente abraçado.

A ideia é que, fortalecido pelas assinaturas populares, os deputados consigam pressionar Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Casa, para que ele se posicione sobre algum dos pedidos que já foram apresentados à Câmara. Mesmo que Cunha rejeite um dos pedidos, basta um recurso apresentado por um deputado para que o plenário delibere sobre a abertura ou não do processo de impeachment.