Lula quer que governo acelere acordo para salvar empresas da Lava Jato

Por Painel

O ‘Proer’ da Lava Jato Na reunião com o vice-presidente Michel Temer e ministros do PMDB, Lula defendeu que o governo acelere os acordos de leniência com as empresas investigadas na Operação Lava Jato. O esforço para que as empreiteiras não quebrem foi tratado também em conversas entre o ex-presidente e empresários como Emilio Odebrecht. Aos peemedebistas, Lula sustentou que a CGU e a AGU selem os termos de ajuste de conduta das construtoras sem esperar pelo aval do Ministério Público.

B.O. Para Lula, o governo não pode ser refém da evolução da Lava Jato. “Não dá para esperar toda segunda-feira e ver se mais alguém foi preso”, afirmou, para espanto geral.

Sex appeal Lula defendeu que o governo cobre ministros e parlamentares de seus partidos. “Qual o charme de ter o ‘Maneca’ ministro se ele não executa nenhuma política pública nem controla sua base?”, disse, ao se referir a Manoel Dias (Trabalho).

FullSizeRender

Homem invisível Ao dizer que os ministros políticos têm de se expor e defender o governo, o petista citou ainda Gilberto Kassab (Cidades).

Déjà vu O senador Jader Barbalho (PMDB-PA) comparou a reação do PT aos atos que pedem a saída de Dilma Rousseff ao apelo de Collor, às vésperas do impeachment, para que a população saísse às ruas de verde e amarelo.

Eu não Em outra conversa, senadores petistas questionaram se Lula vai virar ministro. Ele disse que Dilma jamais falou com ele sobre isso.

Contestação 1 O advogado de Ciro Nogueira (PP-PI) na Lava Jato, Antonio Carlos de Almeida Castro, pediu a Rodrigo Janot e ao ministro Teori Zavascki a anulação da apreensão realizada na casa do senador, em Brasília.

Contestação 2 Kakay disse ao procurador-geral que a busca foi feita com base em depoimento de Ricardo Pessoa vinculando Nogueira ao advogado Fernando Hugnes, que ele nega conhecer, sem que o MP ou a Polícia Federal tenham feito diligências.

Triplo twist… Ao ouvir queixas sobre a demora das nomeações para o segundo escalão, na terça-feira, Aloizio Mercadante (Casa Civil) elencou três tipos de problemas que travam o processo.

… carpado O ministro disse que os nomes dos indicados ficam parados nas mãos dos ministros, que há casos em que dois partidos disputam o mesmo cargo e muitas sugestões de pessoas com nome sujo.

Esgrima Ao ouvir a apresentação dos 28 itens da Agenda Brasil, na segunda-feira, Joaquim Levy (Fazenda) fez reparos a alguns deles. O senador Romero Jucá (PMDB-RR) defendeu ponto a ponto.

Carochinha O apoio de Dilma à agenda não significa que vá encampar todas as propostas. “A agenda muda o foco da crise e reduz a altura do fogo. Era disso que precisávamos. Apoiar tudo é outra história”, diz um auxiliar.

RSVP Vagner Freitas, presidente da CUT, disparou telefonemas a líderes sindicais pedindo que compareçam a ato de apoio ao governo nesta quinta. Garantiu que serão recebidos por Dilma.

Exército 1 Pré-candidato a prefeito de São Paulo pelo PSDB, João Doria Jr. reuniu nesta quarta 32 pessoas para começar um plano de governo. No time, muitos apoiadores de outros tucanos.

Exército 2 Participaram o ex-ministro Luiz Fernando Furlan, José Junior, líder do AfroReggae, o ex-secretário de Turismo Marcos Arbaitman e o economista Roberto Giannetti, entre outros.

Visita à Folha Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República, visitou ontem a Folha, a convite do jornal, onde foi recebido em almoço. Estava com Sergio Fausto, superintendente da Fundação iFHC, e Helena Gasparian, chefe de gabinete.


TIROTEIO

Não imagino um ex-presidente aceitando um cargo demissível. A não ser que Dilma queira montar um ministério de ex-presidentes, convidando também Collor, Sarney…

DE MARCO AURÉLIO MELLO, ministro do STF, sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ocupar uma vaga no ministério da presidente Dilma Rousseff.


CONTRAPONTO

Toda donzela tem um pai que é fera

Eduardo Cunha (PMDB-RJ) postou em seu perfil no Facebook uma foto com a família no Dia dos Pais.
–Agradeço a Ele todo ano por essa bênção –escreveu.
Um internauta observou as filhas do presidente da Câmara e arriscou uma brincadeira:
–Alguma vaga de genro em aberto, deputado?
O peemedebista entrou no clima e acabou com as pretensões do engraçadinho.
–Assista à TV Câmara e imagine como eu seria sendo sogro de Vossa Excelência! –escreveu para o seguidor.
Cunha incluiu emoticons para indicar riso e concluiu:
–Obrigado pelo carinho! Abraços!