Em meio a crise do governo, Lula marca novo encontro com Renan

Por Bruno Boghossian
Lula cumprimenta Renan Calheiros após almoço em maio (Pedro Ladeira - 14.mai.2015/Folhapress)
Lula cumprimenta Renan Calheiros após almoço em maio (Pedro Ladeira – 14.mai.2015/Folhapress)

De passagem por Brasília para articular uma reação às denúncias da Operação Lava Jato, o ex-presidente Lula marcou um café da manhã com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), nesta terça-feira (30). O encontro ocorrerá na residência oficial do parlamentar, às 9h.

Oficialmente, o tema do encontro é a reforma política, que deve ser votada no Senado até o dia 17 de julho. A dupla deve conversar, entretanto, sobre a crise do governo Dilma Rousseff e as acusações de corrupção que envolvem a cúpula do Palácio do Planalto.

Tanto em público quanto em reuniões privadas, Lula e Renan têm feito críticas semelhantes à condução do país pela presidente. Em maio, a dupla almoçou em Brasília e reclamou da falta de ação do governo para se livrar da crise econômica e da agenda política negativa.

Renan tem articulado no Congresso uma série de projetos que reduzem poderes e ampliam o controle sobre o Executivo, como a lei de responsabilidade das estatais e a criação de um órgão que fiscaliza as políticas fiscais do governo.

As investigações e delações da Lava Jato colocaram sob suspeita tanto o núcleo do governo Dilma quanto o presidente do Senado e as relações do ex-presidente Lula com empreiteiras acusadas de desvios na Petrobras.