Em programa de TV tucano, FHC culpa Lula por corrupção na Petrobras

Por Painel

Herança maldita 2 Até aqui refratário à ideia de que o PSDB peça o impeachment de Dilma Rousseff, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso protagoniza a fala mais dura do programa de TV do partido, que vai ao ar na terça-feira. FHC diz que “não se pode responsabilizar apenas a atual presidente” e que “todo esse esquema de corrupção começou com o ex-presidente Lula”, trazendo seu sucessor –que difundiu a tese de que recebeu uma “herança maldita” do tucano– para o centro da crise.

Beijo… Dilma inaugura nesta segunda-feira um novo modelo de aproximação com a mídia. A presidente receberá no Palácio da Alvorada o apresentador da Rede Globo Jô Soares. Mas não será gravada entrevista, nem irá ao ar um bate-papo informal.

apode1705painnel

… do gordo Jô vai a Brasília apenas para uma visita à presidente. Segundo auxiliares, Dilma pretende repetir o formato de conversas “off the records” com outras personalidades das comunicações.

Tijolos O Planalto incluiu a terceira etapa do Minha Casa, Minha Vida na fila de programas que pretende lançar com pompa para tentar construir uma agenda positiva para Dilma –logo depois do pacote de concessões previsto para o início de junho.

Vernáculo O mote provisório do pacote de obras é: “Mais investimentos em logística para o Brasil avançar”. O Planalto quer evitar a palavra “concessões”.

Pra já 1 A equipe de articulação política do governo vai tentar apresentar em no máximo 45 dias uma alternativa à emenda que muda o fator previdenciário.

Pra já 2 O objetivo é apresentar o novo modelo ao Congresso antes que Dilma seja confrontada com o desafio de vetar a mudança na regra.

Solo fértil A deputada Eliziane Gama (PPS-MA) articula a aprovação de pedido para ouvir o senador Edison Lobão (PMDB-MA) e a ex-governadora Roseana Sarney na visita da CPI da Petrobras à refinaria Premium I, em junho.

Pulsação A bancada governista vai monitorar minuto a minuto o quorum do Senado na terça-feira e estuda pedir o adiamento da votação da indicação de Luiz Edson Fachin para o STF.

Nota de corte O pedido de adiamento será feito caso haja menos de 70 parlamentares na Casa. São necessários 41 votos favoráveis para aprovar o advogado.

Ainda é tempo Aliados de Renan Calheiros (PMDB-AL) querem procurar o presidente do Senado na segunda-feira para convencê-lo a parar de bombardear a aprovação de Fachin nos bastidores.

Maria-fumaça “Acho que ele não vai ficar na frente do trem quando ele estiver passando”, resume um senador peemedebista que não segue a orientação anti-Fachin do correligionário.

Malas prontas A partilha de cargos dentro do Ministério do Turismo começou a criar mal-estar na bancada do PMDB na Câmara.

Lotação máxima Deputados reclamam que o ministro Henrique Alves já nomeou diretores, assessores e subsecretários de sua confiança, mas segurou as indicações dos parlamentares.

Overbooking “Espero que o ministro não procure os deputados nas próximas votações na Câmara para pedir ajuda. É capaz de ele perder votos”, ataca um parlamentar. As queixas serão levadas a Michel Temer.

Faltaram… Aliados de Fernando Haddad resistem à ideia de nomear um deputado do PT como secretário para que Netinho de Paula (PDT) assuma vaga na Câmara.

… os russos Haveria a possibilidade de o Ministério Público pedir o mandato por infidelidade partidária, já que o neopedetista foi eleito suplente pelo PC do B.


TIROTEIO

Nosso país está vivendo o ápice do corporativismo. O bem comum e o interesse coletivo estão órfãos diariamente no Brasil.

DE GERALDO ALCKMIN (PSDB), governador de São Paulo, sobre a crise política pela qual passa o governo Dilma e o escândalo de corrupção na Petrobras.


CONTRAPONTO

Proibido para menores

Na sessão da comissão da reforma política na Câmara na última quinta-feira, o ex-senador e atual deputado federal José Fogaça (PMDB-RS) comentou a proposta de ampliar o mandato no Senado para dez anos:
–Teremos a nossa House of Lords’…
Chico Alencar (PSOL-RJ) provocou, dizendo que havia quase um retorno ao Império, quando os senadores eram vitalícios. Mas, em tempos de discussão sobre a maioridade penal, decidiu elogiar a sugestão de reduzir de 35 para 30 anosa idade mínima para candidatos ao Senado:
–O relator conseguiu que o PSOL, enfim, apoie uma redução de maioridade: a senatorial!