Cunha diz a PSDB que não recusará de imediato pedido de impeachment

Por Painel

Vem na minha A bancada do PSDB na Câmara procurou o presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para tratar de pedido de impeachment que estuda apresentar contra Dilma Rousseff. Ouviu do peemedebista que o requerimento não será descartado de imediato e que o Legislativo contratará pareceres jurídicos independentes, equivalentes aos fornecidos pelos tucanos. Como as peças da Câmara não ficariam prontas da noite para o dia, Dilma ficaria sob pressão extra até o resultado.

Vamos conversar Aécio Neves (PSDB-MG) sinalizou positivamente à contratação de novos pareceres jurídicos pela bancada tucana, mas vai levar o tema à reunião com presidentes de partidos aliados na próxima quarta-feira.

Roupa suja O deputado Roberto Freire (SP), prestes a fundir o seu PPS com o PSB, quer tratar do novo desenho da oposição no encontro. Há receio entre tucanos de um fortalecimento da terceira via.

Mudou? O relator da CPI da Petrobras, Luiz Sérgio (PT-RJ), vai pressionar Paulo Roberto Costa na terça-feira a explicar a mudança de discurso em relação ao superfaturamento de obras da estatal. Quer desconcertar a oposição para indicar que não houve prejuízo à empresa.

Ribalta Com a soltura dos empreiteiros acusados na Lava Jato, integrantes da comissão passaram a defender que eles sejam chamados o quanto antes para depor.

painel1

Casa-grande Um deputado se revoltou diante da proposta aventada por Cunha, de reformar os apartamentos funcionais para que passem a abrigar dois parlamentares cada. “E eu lá fui eleito para morar em cortiço?”

Olha ela 1 Rivais de Rebecca Garcia (PP-AM) se mobilizam contra a possibilidade de sua nomeação para a superintendência da Zona Franca de Manaus, defendida por Eduardo Braga (PMDB).

Olha ela 2 A família da ex-deputada é proprietária de duas empresas que gozam de benefícios fiscais da região.

Questão de honra O ex-presidente Lula disse a líderes petistas que pretende marcar presença em mais atos contra a terceirização, mantendo o tom elevado do 1º de Maio da CUT, na sexta.

Artífice 1 O PT vê as digitais de Geraldo Alckmin (PSDB) nas tratativas que levaram à fusão de PSB e PPS.

Artífice 2 Para os petistas, o projeto principal da nova legenda será dar suporte à candidatura presidencial do tucano em 2018, já que o vice Márcio França é o maior interessado em que Alckmin deixe o cargo seis meses antes para disputar o Planalto.

Quem quer… Depois da criação de cerca de cem cargos em comissão, a Assembleia paulista resolveu reajustar os benefícios de servidores e aposentados em até 40% —caso do vale-alimentação, que atingiu R$ 490. O vale-refeição subiu 27%.

… dinheiro? No ano passado, só esses dois benefícios custaram R$ 27 milhões aos cofres do Legislativo.

Pombo correio Em tempos de internet, a Assembleia também criou uma cota-correspondência para os ex-integrantes da Mesa Diretora. O ex-presidente e os ex-secretários poderão mandar 12 mil cartas e 600 telegramas por ano, cada, pagos pela Casa.

Aqui não Duas entidades patronais com assento no conselho do fundo de investimentos do FGTS avisaram ao grupo que devem votar contra proposta do governo de emprestar R$ 10 bilhões para o BNDES. Assim, já são ao menos três votos contrários, suficientes para barrar o texto.

Buenos dias A Prefeitura de São Paulo editará até a semana que vem decreto para permitir que imigrantes votem nos conselhos participativos da cidade, segundo o secretário Alexandre Padilha (Relações Governamentais).


TIROTEIO

Quem com o tráfico acorda com o tráfico concorda. O Rio de Janeiro paga até hoje um preço caríssimo por pactos do passado.

DO VEREADOR ANDREA MATARAZZO (PSDB-SP), líder na Câmara, sobre conversa da gestão Haddad com traficantes antes de ação na cracolândia.


CONTRAPONTO

Participação nos lucros

Em 2014, José Aníbal (PSDB-SP), então secretário de Energia do governo Geraldo Alckmin, comemorou o lucro da Eletropaulo em audiência da comissão de infraestrutura da Assembleia paulista. O deputado estadual Alencar Santana (PT) pediu a palavra para rebater:

—Empresa pública não é para gerar lucro!

Aníbal exerceu o direito à réplica.

—Não mesmo? Vai dizer isso para a Graça Foster pra você ver o que te acontece…—disse, evocando a presidente da Petrobras na época. Foster saiu do cargo em fevereiro deste ano, após vir à tona que ela teria visto necessidade de baixar R$ 88 bilhões nos ativos da estatal.