PSDB diz em comerciais de rádio e TV que Dilma mentiu na campanha

Por Painel

Antes e depois O PSDB leva ao ar a partir deste sábado quatro comerciais de rádio e TV que acusam Dilma Rousseff de ter mentido na campanha. As peças dirão que a presidente prometeu que não aumentaria juros e energia, não mexeria em direitos trabalhistas e que a inflação estava sob controle, mas, ao assumir, fez o contrário. Discursos de Dilma em 2014 serão mostrados em tablets nas mãos de eleitores. Ao final de cada peça, aparece o símbolo do PSDB e o slogan: “O Brasil merece a verdade”.

Pessoal “Nada pior que uma pessoa falar uma coisa e fazer outra. Principalmente se essa pessoa for a presidente da República”, dizem atores, em jogral. Nenhum político aparece nas inserções.

Na roda A possibilidade de impeachment de Dilma foi abordada na reunião da Executiva do PSB nesta quarta, mas o partido não incluiu o tema no documento final.

Namoro 1 O prefeito paulistano, Fernando Haddad, e o publicitário Renato Pereira, que trabalhou com Aécio em 2013 e fez várias campanhas pelo PMDB do Rio, tiveram algumas conversas recentes.

Namoro 2 Coube ao secretário Gabriel Chalita (Educação), amigo comum, aproximar o petista e o publicitário.

Música… Na reunião que teve com representantes da Standard & Poors, Joaquim Levy (Fazenda) discutiu medidas estruturais a serem adotadas após a primeira fase do ajuste fiscal.

… para os ouvidos Levy defendeu a adoção do crédito financeiro no PIS/Cofins, a ampliação do acesso ao Recof (Regime Aduaneiro de Entreposto Industrial sob Controle Informatizado) a indústrias exportadoras e mudanças na Linha Azul, de despacho aduaneiro expresso.

Passa lá O governo convenceu os representantes da agência a aproveitarem a viagem para se reunir com o diretor financeiro da Petrobras, Ivan Monteiro, numa tentativa de evitar um possível novo rebaixamento da estatal.

Aqui, não Senadores começam a levantar dúvidas sobre as chances de aprovação pelo plenário da indicação de Rodrigo Janot caso Dilma decida reconduzi-lo à Procuradoria-Geral da República.

Calo no pé Apesar dos acenos do Planalto, o PMDB não mostra disposição em manter o veto de Dilma à correção de 6,5% na tabela do imposto de renda. Membros da sigla lembram que Levy foi avisado há dez dias e nada avançou na negociação.

APODE0603PAINEL

‌Farra do boi No depoimento em que cita o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, um dos laranjas do doleiro Alberto Youssef diz que levou ao petista “uma caixa grande de isopor contendo carne de carneiro e picanha bovina’’.

Pompa A CPI da Petrobras pretende fazer uma cerimônia para assinar o contrato com a Kroll. Desde o início da semana, representantes da comissão falam com a consultoria, que buscará no exterior recursos desviados.

Briga O PSOL recorrerá contra o presidente da CPI, Hugo Motta (PB), que indicou sub-relatores sem ouvir o plenário. O PMDB ia acionar a corregedoria contra Edmilson Rodrigues (PSOL-PA), que chamou Motta de “moleque”, mas recuou.

Embaçado O presidente da ANA, Vicente Andreu, se reúne nesta sexta com prefeitos do ABC. Para eles, falta transparência sobre a crise.

Visita à Folha Ashot K. Galoyan, embaixador da República da Armênia no Brasil, visitou ontem a Folha. Estava com Hilda Diruhy Burmaian, cônsul-geral honorária em São Paulo, e Vagner Caldeira, assessor de comunicação.


TIROTEIO

Todo político preocupado se está ou não na lista do Janot é porque, se não ainda está, deveria ser incluído imediatamete.

DE RANDOLFE RODRIGUES (PSOL-AP), senador, sobre a apreensão com a relação de autoridades que serão investigadas no bojo da Operação Lava Jato.


CONTRAPONTO

Oposição de si mesmo

Na sessão desta quinta (5) da CPI da Petrobras, petistas e peemedebistas se desentenderam sobre a criação das sub-relatorias. Deputados do PT não aceitavam que o presidente da comissão, Hugo Motta (PMDB-PB), indicasse os nomes sem submetê-los ao plenário. Em meio à confusão, Efraim Filho (DEM-PB) tomou a palavra:

— Presidente, está havendo uma usurpação das competências —, disse.

Quando alguns pararam para ouvir, ele continuou:

— O governo faz oposição sozinho! E a gente fica aqui, assistindo de camarote!