Assembleia de SP deve votar hoje passe livre estudantil em metrô e trens

Por Painel

A Assembleia Legislativa paulista chegou a um acordo para colocar em votação nesta quarta-feira (11) o projeto de passe livre estudantil no Metrô, na CPTM e em ônibus metropolitanos proposto pelo governo paulista.

A Casa deve convocar uma reunião conjunta de três comissões –Constituição e Justiça, Finanças e Assuntos Metropolitanos– para acelerar o processo e enviar o texto ao plenário à noite.

O ano letivo no sistema estadual de ensino começou há dez dias, sem que os estudantes tivessem direito ao benefício.

O projeto foi uma medida do governo para tentar conter protestos nas ruas depois da decisão de elevar o preço das tarifas de R$ 3,00 para R$ 3,50.

A Câmara Municipal aprovou a gratuidade nos ônibus em condições semelhantes no final do ano passado.

O projeto concede gratuidade a estudantes dos ensinos fundamental e médio de instituições de ensino públicas e aos de ensino superior –que estudem em universidades públicas e comprovem baixa renda ou que sejam participantes de programa sociais, como Prouni e Fies.

O governo já anunciou que o benefício dará direito a 50 viagens de graça por mês nos trens da CPTM e do metrô, mas o governador Geraldo Alckmin (PSDB) ainda precisará editar um decreto com as normas.