Dilma recebe Eduardo Cunha amanhã em encontro com caciques do PMDB

Por Bruno Boghossian
Mercadante cumprimenta Cunha, presidente da Câmara, na abertura do ano legislativo (Sergio Lima/Folhapress)

A presidente Dilma Rousseff vai receber nesta quinta-feira (5) o novo presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O encontro, às 16h no Palácio do Planalto, também terá a participação do vice Michel Temer e do presidente reeleito do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

A ideia inicial era que os seis ministros peemedebistas participassem também, mas o partido decidiu enviar apenas o trio ao encontro para mostrar prestígio.

Este será o primeiro encontro entre Dilma e Cunha depois da derrota imposta pelo peemedebista ao Planalto na eleição para a presidência da Câmara.

No primeiro mandato de Dilma, Cunha –então líder do PMDB–  foi o principal protagonista das críticas contra o governo na Câmara e comandou rebelião da base contra o Planalto.

Cunha dizia que sua interlocução com o governo seria feita apenas com a presidente, e que não pretendia ser convocado por Aloizio Mercadante (Casa Civil) ou Pepe Vargas (Relações Institucionais).

Dilma fez o convite a Temer na tarde desta quarta-feira.