Planalto antecipou pacote para fortalecer discurso que levará a Davos

Por Painel

Para investidor ver Dilma Rousseff decidiu antecipar para esta segunda-feira o anúncio do pacote de aumento de impostos para fortalecer a mensagem que a equipe econômica levará ao Fórum Econômico Mundial esta semana. Na sexta-feira, a presidente discutiu com Joaquim Levy (Fazenda) o discurso que será feito em Davos e avaliou que a mensagem seria mais convincente para os investidores se o pacote de tributos fosse anunciado antes do evento, com previsão efetiva de aumento de arrecadação.

Balança Dilma determinou que a apresentação dos aumentos dos quatro impostos fosse feita ontem e convocou a equipe econômica pela manhã para calibrar a dimensão das novas alíquotas.

Parte 2 No encontro de sexta-feira, Dilma e Levy definiram que o discurso que será feito em Davos deve estar em sintonia com a fala da presidente no fórum do ano passado. O ministro da Fazenda deve garantir que o ajuste fiscal não acarretará nenhum retrocesso de programas sociais.

O buraco… As empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato deixaram em segundo plano as discussões de um possível acordo com o Cade sobre o cartel que atuou em licitações da Petrobras. Além da Toyo Setal, nenhuma construtora fez qualquer contato com o órgão.

… é mais embaixo A preocupação quase exclusiva é com a CGU (Controladoria-Geral da União), uma vez que uma eventual declaração de inidoneidade seria devastadora para as construtoras. O acordo de leniência entre a Toyo Setal e o Cade pode ser assinado em até dois meses.

Terra arrasada Autoridades do governo federal consideram inevitável a interrupção no abastecimento de água em São Paulo e cobram um plano de contingência por parte da Sabesp.

Na prancheta O governo de São Paulo e a empresa já trabalham em medidas adicionais às adotadas, mas ainda não têm um plano fechado.

Geral e irrestrita Em Brasília, já circulam advertências internas de que, caso o cenário climático permaneça “dramático”, situações semelhantes à de São Paulo podem se repetir no Rio de Janeiro, em Minas e no Paraná.

Comunicação… Enquanto telejornais vespertinos cobravam uma explicação sua para o apagão de energia que atingiu pelo menos dez Estados e o DF, o ministro Eduardo Braga (Minas e Energia) divulgou nota no Facebook às 17h30 de ontem.

apode2001paineel

… inadiável “Registro meus sentimentos ao governador José Melo e sua família pela passagem de dona Osmarina, sua genitora”, escreveu, sobre a mãe do governador do Amazonas. Sobre apagão, só falou à noite.

Paradão O governo paulista ficou irritado com o corte de energia na capital ter atingido a Linha 4 do Metrô e paralisado seu funcionamento, causando desgaste político para Geraldo Alckmin.

Planejamento Técnicos do governo sustentam que a AES Eletropaulo poderia ter excluído a empresa do corte e direcionado a suspensão de energia para outra região.

Caladão O presidente da AES Eletropaulo, Britaldo Soares, tentou avisar Alckmin por telefone da ordem do ONS de reduzir a energia, mas não conseguiu falar. O tucano incumbiu o secretário de Energia, João Carlos Meirelles, de transmitir a insatisfação à distribuidora.

Por pouco Apesar de o ONS ter dito que havia “folga de geração”, técnico da Secretaria de Energia paulista define como “limite” a situação desta segunda. “A queda geral era um risco real.”


TIROTEIO

“É um escárnio, vindo de quem se diz defensor dos pobres. Em um país sério, estaríamos mobilizados para impedir esse estelionato.”

DO DEPUTADO ROBERTO FREIRE (PPS-SP), presidente da sigla, sobre o pacote anunciado ontem por Joaquim Levy, ministro da Fazenda de Dilma Rousseff.


CONTRAPONTO

Diários de motocicleta

As caronas de moto dadas por Carlos Gabas a Dilma Rousseff têm rendido piadas com o novo titular da Previdência. Depois de ser alvo de Juca Ferreira (Cultura), ontem foi a vez de o presidente da Força Sindical, Miguel Torres, provocá-lo. Na abertura da reunião entre líderes sindicais e ministros, Torres convidou os presentes a visitar a sede da central. Gabas foi o primeiro a aceitar:
–Até vou, mas este trânsito dificulta… –queixou-se.
Torres rebateu, provocando gargalhadas:
–Para você não tem problema Gabas, já que gosta tanto de andar de moto! Até deu carona para a Dilma!