Lula forma núcleo paralelo para discutir economia do país

Por Painel

Fazenda paralela O ex-presidente Lula constituiu um núcleo reservado para discutir o desenvolvimento econômico do país de que participam políticos aliados e economistas convidados, além da equipe de seu instituto. Já estiveram nas conversas do núcleo, chamado de “grupo do futuro”, figuras como o ex-ministro Antonio Palocci, Nelson Barbosa, futuro titular do Planejamento, e o empresário Josué Gomes, filho de José Alencar, que foi cotado para a equipe econômica de Dilma Rousseff.

Cabe mais um? Lula aproveitou que dirigentes da principal corrente petista passaram por São Paulo durante a semana para uma séria de reuniões. O ex-presidente articula a volta de Marco Aurélio Garcia e de Gilberto Carvalho à Executiva da sigla.

Na agenda A cúpula do PMDB espera ser convocada para uma conversa com Dilma sobre a reforma ministerial amanhã. O partido recebeu sinais do Planalto de que os nomes de Henrique Alves (RN) e Eunício Oliveira (CE)ainda não receberam aval para integrar a Esplanada.

Estátua Peemedebistas que acompanham a movimentação advertem: se Moreira Franco continuar a se movimentar para ser promovido de pasta, corre o risco de ficar sem a Aviação Civil. Da cota particular de Michel Temer, Moreira não tem apoio da bancada da Câmara.

Muy amigo Dilma cumprimentou amigavelmente o ex-governador do Rio Sérgio Cabral no almoço oferecido na sexta-feira por seu sucessor, Luiz Fernando Pezão (PMDB). Aliados estranharam, já que Cabral articulou apoio de seu partido a Aécio Neves na última campanha.

Tropa O PSDB vai reunir as bancadas atual e eleita na Câmara e no Senado na terça-feira, para discutir a estratégia de oposição para o início do novo mandato de Dilma. A ideia é não deixar arrefecer o clima de pressão que o partido imprimiu no Congresso depois do segundo turno.

Lá ou cá? Aliados de Geraldo Alckmin dizem que o governador hesita em trazer Duarte Nogueira para seu secretariado porque, assim, perderia espaço na bancada federal. O deputado aliado é uma opção para assumir a liderança tucana na Câmara.

Sepse Os caciques do PT calculam que a acusação de que Graça Foster foi avisada sobre as irregularidades da Petrobras elevará a níveis críticos os problemas de governabilidade de Dilma uma das maiores preocupações de Lula no próximo mandato.

Agrados Para os petistas, com a crise instalada na empresa, a presidente será forçada a fazer cada vez mais concessões à base no Congresso.

Espelho meu Peemedebistas já ficaram atiçados com o envolvimento maior de Graça no caso. Dizem que, agora, o governo não tem motivos para poupá-la e demitir Sérgio Machado, presidente da Transpetro indicado por Renan Calheiros (PMDB-AL).

IMG_0843

Misterioso Investigadores da Lava Jato tentam descobrir quem é o “terrível homem das escadas”, citado em carta encontrada no apartamento de Léo Pinheiro, da OAS. O personagem aparece em uma narrativa sobre estratégias de defesa do executivo.

Premonição Mensagens captadas na operação mostram que, dias antes de suas prisões, dirigentes das empreiteiras investigadas demonstravam preocupação com Pedro Barusco, o ex-gerente da Petrobras que optou pela delação premiada.

Na dela Aliados de Marina Silva dizem que ela não deve retomar o ritmo frenético de viagens para a criação da Rede. Por ora, estão previstas idas apenas a São Paulo e Rio.


TIROTEIO

Mubarak comandou o Egito por 30 anos e roubou US$ 1 bilhão. Na Petrobras, em bem menos tempo um gerente desvia 10% disso.

DO DEPUTADO BRUNO ARAÚJO (PSDB-PE), comparando a situação no Egito à delação de Pedro Barusco, ex-gerente da estatal que vai devolver US$ 97 mi.


CONTRAPONTO

Questão de estilo

Na acalorada sessão que aprovou a mudança na meta do superavit fiscal do governo federal, no início do mês, o deputado Mendonça Filho (DEM-PE) foi ao microfone anunciar que o cantor Lobão estava no Congresso e havia conseguido furar o cerco dos seguranças para entrar na Câmara. Ele iria assistir às discussões na galeria.

Na fala, aproveitou para defender que o resto do público arregimentado pela oposição pudesse entrar também. A bancada governista vaiou o democrata, que reagiu:

Vaias? Só porque ele não é PT? Fosse o Chico Buarque estariam todos cantando agora…