Brasileiro presidirá instituto de direitos humanos do Mercosul

Por Vera Magalhães

O secretário nacional de Justiça, Paulo Abrão, será anunciado nesta sexta-feira (21) o novo presidente do Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercosul. Será o primeiro brasileiro a presidir o órgão.

Abrão vai conciliar a atividade no organismo internacional com a presidência da Comissão de Anistia, que já comanda e que poderá manter por se tratar de um posto honorífico, sem remuneração.

O anúncio da nomeação de Abrão será feito pela ministra Ideli Salvatti (Direitos Humanos), que participa, em Buenos Aires, de reunião de representantes do Mercosul para a área.