Mantega rebate críticas de Marta a auxiliares e sugere falta de ‘talento’

Por Painel

Tiro, porrada e bomba Guido Mantega (Fazenda) ficou irritado com as críticas de Marta Suplicy à política econômica do governo, explicitadas na carta de demissão da senadora do Ministério da Cultura. Em conversa com auxiliares, o ministro, cuja saída do cargo também é iminente, rebateu a ex-ministra: “Das duas, uma: ou ela se rendeu ao discurso do mercado financeiro ou quer desviar atenção de sua gestão na Cultura”. E prosseguiu: “E não faltou dinheiro no ministério dela. O que faltou? Talento?”.

Jabuticaba Ministros de Dilma reagiram mal à ideia de Aloizio Mercadante (Casa Civil) de colocarem o cargo à disposição. Um petista a considerou “exótica”, já que Dilma viajou e tem plena autonomia para mexer na equipe.

Opcional Assessores de Mercadante telefonaram na sexta para auxiliares dos demais ministros dizendo que a carta era apenas uma sugestão, que não precisava ser acatada. Muitos ignoraram.

Gênese Em 2006, depois de reeleito, Lula pediu que Gilberto Carvalho e o porta-voz André Singer pusessem os cargos à disposição para que os outros ministros fizessem o mesmo. Ninguém se mexeu.

APODE1211PAINEL
Equipe As críticas de Marta se somaram às do também ministro e igualmente lulista Gilberto Carvalho, que disse à BBC que falta “diálogo” da parte de Dilma.” Ela deve ter se empolgado com a repercussão”, conclui um petista.

Calma 1 André Esteves, presidente do BTG Pactual, fez um prognóstico sobre o novo mandato de Dilma durante o Fórum de Empreendedores, no fim de semana: “Pensar em Argentina, bolivarianismo é bobagem. Nossas instituições são mais fortes”.

Calma 2 Para o banqueiro, é preciso “voltar à disciplina fiscal”. “O BNDES é um bom órgão, enxuto, um orgulho para o Brasil. Mas estamos abusando. Estamos tornando a economia dependente do BNDES”, afirmou.

Cativeiro O Planalto teme virar refém do Congresso na tentativa de aprovar a mudança da meta fiscal até o fim do ano. O receio é que deputados que não se reelegeram esvaziem Brasília e a oposição use o rombo nas contas para fustigar o governo.

Didatismo O vice-presidente Michel Temer (PMDB) chamou partidos aliados ontem para lembrar que, se a meta não mudar, a União pode ter dificuldade de transferir dinheiro para as bases de deputados e senadores.

Na linha O procurador-geral Rodrigo Janot telefonou para Renan Calheiros (PMDB-AL) e outros senadores para tentar adiar a votação da medida provisória que regulamenta a carreira da Polícia Federal. O Ministério Público queria mais tempo para analisar o texto.

Às armas Reunidos anteontem, deputados do PSDB de São Paulo reforçaram que a ala paulista brigue por protagonismo interno na Câmara. Parte deles acha que o grupo deve disputar a liderança do partido na Casa.

Bênção A reunião contou com a presença de Edson Aparecido, articulador político do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Os paulistas lembraram que elegeram 14 deputados, o dobro de Minas.

Dieta Alckmin editou decreto que obriga secretarias a limitar despesas de custeio nos três últimos meses do ano. Nenhuma pasta poderá extrapolar a média de gastos dos trimestres anteriores.

Sucupira Presidente da Assembleia paulista, Samuel Moreira (PSDB) assumiu o governo durante a viagem de Alckmin aos Estados Unidos com uma agenda típica de interinos: visitará Itapeva, em seu reduto eleitoral.


TIROTEIO

A falsidade que Dilma usou na campanha serviu para ganhar a eleição, mas não será suficiente para tranquilizar o mercado.

DE LUIZ PAULO VELLOZO LUCAS, ex-prefeito de Vitória e assessor e econômico do PSDB, sobre projeto de lei que permite ao governo descumprir a meta fiscal.


CONTRAPONTO

Teste vocacional

Em um evento com estudantes da Unesp, Geraldo Alckmin (PSDB) relembrou quando fez sua matrícula no cursinho, acompanhado de um médico famoso em Pindamonhangaba e do filho dele, que queria estudar engenharia. Ao chegar ao local, o amigo de Alckmin se encantou com as garotas que se inscreviam para as biológicas:

Pai, pensei melhor e minha vocação é a biologia! imitou Alckmin, arrancando risos do estudantes.

Para não criar complicações, o tucano relativizou:

Mas agora tudo mudou. As mulheres estão presentes em todas as áreas. Especialmente na tecnologia…