PT já perdeu com discurso sobre falta d’água, diz marqueteiro de Alckmin

Por Paulo Gama

O marqueteiro Nelson Biondi, que comandou a campanha à reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB), acusa o PT de tentar tirar proveito eleitoral da crise de falta d’água em São Paulo.

“Dilma foi oportunista em um momento sério. Usou argumentos que já foram derrotados e corre o risco de aumentar sua rejeição em São Paulo”, afirma o publicitário, no Painel desta terça (21).

A crise hídrica é a aposta da campanha de Dilma Rousseff para tentar desidratar Aécio Neves na últimos dias da corrida presidencial.

De acordo com o Datafolha, a petista avançou três pontos percentuais e agora aparece numericamente à frente do rival, com 46% a 43% das intenções de voto. Os dois estão tecnicamente empatados no limite da margem de erro. Considerando apenas os votos válidos, ela tem 52%, contra 48% de Aécio.