Roberto Jefferson receberá R$ 1.200 como auxiliar de escritório no Rio

Por BERNARDO MELLO FRANCO
Roberto Jefferson  em Levy Gasparian (RJ), no dia da prisão - Foto: Daniel Marenco/Folhapress - 24.fev.14
Roberto Jefferson no dia da prisão – Foto: Daniel Marenco/Folhapress – 24.fev.14

Do Painel desta quarta (8):

Fora da tranca Eufórico com a virada de Aécio, o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) espera ser liberado nos próximos dias para trabalhar fora da prisão. Ele atuará como auxiliar do advogado Roberto Vitagliano, no Rio.

Começar de novo Jefferson receberá R$ 1.200 mensais. “Ele merece muito mais, mas é o valor do serviço”, diz o futuro chefe. “Ele vai atualizar fichários, digitar documentos, essas coisas.”

Autor da denúncia do mensalão à Folha, em 2005, Jefferson está preso em Niterói (RJ) desde o fim de fevereiro. Em agosto, o Supremo Tribunal Federal negou seu recurso para cumprir a pena em casa, por motivos de saúde.