Ditadura matou 24 pessoas em Minas, diz Comissão da Verdade

Por BERNARDO MELLO FRANCO

Do Painel desta terça (30):

Luto mineiro A Comissão da Verdade divulgará hoje que Minas Gerais teve 24 mortos e desaparecidos na ditadura. A conta exclui os militantes mineiros que foram assassinados fora do Estado.

Novo tempo Integrantes da comissão creem que a nova composição do STF, “mais progressista”, pode mudar o entendimento sobre a Lei da Anistia quando o caso Rubens Paiva chegar a plenário.

Os números serão divulgados nesta terça (30), após visita de inspeção ao 12º Regimento de Infantaria do Exército, em Belo Horizonte. A instalação abrigou o DOI-Codi mineiro, epicentro da repressão política no Estado.