Coordenador de Marina se irrita com aliado que controla o caixa do partido

Por Painel

Ao dizer que Marina não apoia Geraldo Alckmin porque tem “pouco conhecimento” de São Paulo, Márcio França irritou o coordenador da campanha, Walter Feldman. “Ele sabe que 50% do Estado vota nela. Está dizendo que o eleitor não sabe escolher?”, questiona o dirigente.

Candidato a vice-governador na chapa de Alckmin, França é deputado federal e tesoureiro do PSB. Era um dos aliados mais próximos ao ex-governador Eduardo Campos. Ex-deputado tucano, Feldman também se filiou ao PSB, mas é fundador da Rede, o partido que Marina ainda não conseguiu registrar.

O bate-boca entre os dois expõe, mais uma vez, as diferenças que separam as duas alas da campanha da segunda colocada na corrida ao Planalto.