PSB contrata advogados para acompanhar investigação sobre queda de avião

Por BERNARDO MELLO FRANCO

O PSB contratou nesta quinta-feira (14) um escritório de advocacia para acompanhar as investigações sobre a queda do avião que levava seu candidato à Presidência da República, Eduardo Campos.

A iniciativa foi tomada pelo ex-ministro Roberto Amaral, que assumiu a presidência do partido no lugar do ex-governador de Pernambuco.

Procurado para esclarecer se tem suspeitas sobre o motivo do acidente, Amaral informou, via assessoria, que não se pronunciará neste momento.

A queda do avião está sendo investigada pelo Cenipa, órgão ligado à Aeronáutica. A Polícia Federal também acompanha os trabalhos em Santos (SP). Os restos mortais estão sendo levados para exame e identificação no IML (Instituto Médico-Legal) de São Paulo.

O avião que levava Eduardo Campos caiu por volta das 10h de quarta-feira (13). A aeronave pousaria na base aérea de Guarujá (SP), mas arremeteu a poucos metros da pista.

Além do candidato, morreram no acidente quatro assessores e dois pilotos.