Comitê de Aécio aprova críticas do Itamaraty à ação de Israel em Gaza

Por Painel

Gaza e a campanha O comitê de Aécio Neves deu aval à posição do Itamaraty contra a ofensiva de Israel na faixa de Gaza. Responsável pelo programa de política externa do tucano, o embaixador Rubens Barbosa concorda com o governo nas críticas à “desproporcionalidade” dos ataques israelenses. Para ele, o país deve se manter firme em favor da criação do Estado palestino e da negociação pelo fim do confronto armado. Barbosa reprovou a reação de Israel, que chamou o Brasil de “anão diplomático”.

Pegou pesado Para Rubens Barbosa, o ataque da chancelaria israelense ao Brasil foi “muito duro”. “Sabemos que não somos anões e o Itamaraty deveria ter ignorado essa afirmação. Mas o ministro Figueiredo preferiu responder…”, comentou.

Dois lados Embora considere que a nota brasileira estava correta, o conselheiro de Aécio entende que, em nome do “equilíbrio”, o governo deveria ter condenado o lançamento de foguetes do Hamas contra Israel. “Nessa altura dos acontecimentos, o importante é a moderação.”

Novo tom As declarações sinalizam uma inflexão do PSDB em relação à última corrida presidencial. Em 2010, o tucano José Serra atacou duramente a política de Lula para o Oriente Médio. Ele acusava o petista de tratar como “camarada” o Irã de Mahmoud Ahmadinejad.

Velho tom Aliado de Eduardo Campos (PSB), o presidente do PPS, Roberto Freire, preferiu atacar o Itamaraty. “A política externa brasileira tem tradição de pregar o diálogo e lutar pela paz. O governo do PT rompeu tal tradição e aliou-se com um dos beligerantes. Erro crasso”, criticou, no Twitter.

Alves

‌Vida e arte Enquanto o governo ainda discutia como reagir a Israel, assessores de Dilma Rousseff lembravam que seu personagem favorito na série de TV “Game of Thrones” é um anão: o perspicaz Tyrion Lannister.

Crise… O vice-presidente Michel Temer deve se reunir nos próximos dias com Paulo Skaf para cobrar do candidato do PMDB ao governo paulista uma atitude mais amigável em relação a Dilma.

… de identidade A cúpula do partido entende que Skaf está “forçando a barra” e criando uma “crise artificial” ao recusar publicamente o apoio da presidente. Temer vai cobrar gestos pontuais do aliado, sem a necessidade de uma “campanha casada”.

Rebote Desde que Dilma se engaje na campanha de Alexandre Padilha, petistas dizem não se importar com sua presença ao lado de Skaf. Acreditam que é o ex-ministro, e não o rival, quem mais se beneficiará do aumento de sua popularidade no Estado.

Chama a cunhada O PSDB encomendou pesquisa para decidir se troca seu candidato ao Senado em Alagoas. Eduardo Magalhães pode ser substituído por Thereza Collor. Se for escolhida, ela enfrentará nas urnas o ex-cunhado Fernando Collor (PTB), que tenta a reeleição.

Plano B Tucanos afirmam que a chapa definida na convenção alagoana era “inviável”. Ontem, Eduardo Tavares já desistiu de disputar o governo do Estado. Thereza era casada com Pedro Collor, que ajudou a derrubar o irmão da Presidência.

Páreo duro A entrada da ex-cunhada de Collor tornaria ainda mais interessante a disputa pelo Senado em Alagoas. A outra candidata é Heloisa Helena, do PSOL.

Não apareceu Esperado pelos petistas, o prefeito de Macapá, Clécio Luís (PSOL), não foi à reunião da campanha de Dilma com dirigentes locais. O partido diz que ele só apoiará Luciana Genro.


TIROTEIO

“Na ausência de prefeito em São Paulo, Boulos assume a política habitacional do PT: para os amigos, casa própria. Para os outros, fila.”

DO VEREADOR ANDREA MATARAZZO (PSDB), sobre férias de Fernando Haddad e o acordo feito pela prefeitura com o MTST, liderado por Guilherme Boulos.


CONTRAPONTO

Patropi de Pernambuco

João Paulo (PT), o ex-prefeito de Recife que é candidato ao Senado, enrolou-se em entrevista à Rádio JC News. Questionado sobre a maioridade penal, voltou no tempo:

—Os governos precisam priorizar uma política de formação, como o governo Lula vem fazen… como o governo Dilma vem fazendo! —corrigiu-se.

Em seguida, o petista tentou enveredar pela filosofia:

—Eu, como faço meditação transcendental, você veja como a natureza humana é belíssima… Esse corpinho aqui, o meu, o seu, é um corpo que vai viver esse período, então você pensar na beleza da nossa fisiologia…