PSDB paulista levará ex-usuária de crack a programa partidário na TV

Por Painel

O PSDB paulista leva hoje à televisão inserções em que o governador Geraldo Alckmin, candidato à reeleição, apresenta o programa de combate ao crack de sua gestão.

O tucano aparece no final da peça apresentando o Recomeço, após uma ex-usuária da droga atendida pelo projeto contar sua história.

A decisão de abordar o tema foi tomada com dois objetivos principais. O primeiro é mostrar um programa novo do governo tucano, há quase 20 anos à frente do Estado, para afastar a imagem de que há uma inércia e paralisia na administração, ideia defendida por seus adversários.

O segundo é rivalizar com o PT. O Recomeço de Alckmin é usado por tucanos como contraponto ao Braços Abertos, da prefeitura comandada por Fernando Haddad (PT). Tucanos criticam o programa do petista por oferecer trabalho remunerado aos viciados da cracolândia independentemente do início do tratamento médico.

O combate ao crack opõe tucanos e petistas –da prefeitura paulistana e do governo federal– há tempos. O ápice da disputa política aconteceu no início do ano, após uma operação policial na área, considerada violenta e tachada de “lamentável” por Haddad.

Veja abaixo a peça: