Se Luiz Moura não deixar o PT espontaneamente, será expulso

Por Painel

Rito sumário A cúpula do PT em São Paulo decidiu que o deputado estadual Luiz Moura, que participou de encontro com integrantes do PCC em março, deverá deixar o partido. Incomodados com o desgaste provocado pelo caso, dirigentes da sigla tentarão convencê-lo a se desfiliar. Se não tiverem sucesso na empreitada, pretendem abrir um processo para expulsá-lo. “Não vamos aliviar. Ou ele sai espontaneamente do partido ou será ‘saído’”, decreta um integrante do comando petista.

Rastro… Uma das prioridades da oposição na CPMI
da Petrobras será o acesso a documentos bancários das empresas de Alberto Youssef que fecharam negócios com fornecedoras da Petrobras, como a MO Consultoria.

… do dinheiro Deputados acreditam que, com esses dados, conseguirão pressionar Paulo Roberto Costa a dar novas informações sobre os negócios da estatal.

Non grata Dirigentes do PR vetaram a participação do deputado Bernardo Santana (MG) na propaganda da sigla, que vai ao ar no dia 19. Crítico de Dilma Rousseff, ele será substituído por uma gravação de Maurício Quintella (AL).

Adolar

Resenha O PR dará roupagem futebolística ao programa, exibido durante a Copa. Políticos ficarão em um estúdio, como comentaristas, e conversarão com integrantes da sigla por um telão.

Casa nova O antropólogo baiano Antonio Risério, que integrou a equipe de João Santana na campanha de Dilma em 2010, mudou de time: está na equipe de criação dos programas de TV de Eduardo Campos (PSB), sob o comando de Diego Brandy.

Holografia Preocupados com a ausência de Campos na pré-campanha do pupilo Paulo Câmara, ainda desconhecido do eleitorado, marqueteiros do PSB gravaram vídeos em que o presidenciável pede votos para seu candidato ao governo de Pernambuco.

Cronômetro Aliados de Dilma torcem para que Campos não decole nas pesquisas até o início da propaganda eleitoral. Com menos tempo de TV, o pessebista teria pouca exposição e o PT seguiria o script que prefere: a polarização com Aécio Neves (PSDB).

Carta branca Campos e Marina Silva ainda não confirmaram a candidatura do PSB ao governo de Minas, mas o presidenciável já orientou o deputado Julio Delgado (PSB-MG), potencial candidato, a buscar partidos que poderão compor a chapa.

Penetra A direção nacional do DEM procurou Aécio para cobrar a interferência do tucano em chapas estaduais. Um dos pedidos é para que Marconi Perillo (PSDB) desloque o PSD e ofereça a candidatura ao Senado em Goiás para Ronaldo Caiado (DEM).

Composição Lobão Filho (PMDB-MA) deve se reunir nos próximos dias com Carlos Lupi para oferecer a vaga de vice ao PDT na disputa pelo governo do Maranhão. O PT recusou o posto.

Ulalá 1 O manual do governo francês para a Copa recomenda aos torcedores que estiverem no Brasil que carreguem o “dinheiro do ladrão”. “Tenha uma nota de R$ 20 ou R$ 50 para entregar em caso de assalto”, diz o texto.

Ulalá 2 O livreto, de 62 páginas, também aconselha os franceses a ficarem longe de todas as manifestações e “não expressarem qualquer opinião de caráter político”.

Sala VIP O Senado pagará quase R$ 20 mil por mês, até 2018, à empresa que administra o aeroporto de Brasília pelo aluguel de uma sala de 46 m². O espaço é usado como ponto de apoio para os parlamentares que aguardam seus voos no terminal.

TIROTEIO

“Além de fazer ‘conta de padeiro’, o governo do PT abusou do fermento para inflar os contratos e aumentar o superfaturamento.”

DO LÍDER DO DEM NA CÂMARA, MENDONÇA FILHO (PE), sobre a declaração de Paulo Roberto Costa à Folha sobre o custo das obras da refinaria Abreu e Lima.

CONTRAPONTO

Do camarote à planície

Um jantar na casa dos apresentadores Luciano Huck e Angélica, na noite de sábado, reuniu um time de artistas e esportistas em homenagem ao pré-candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves.

Passaram pela reunião o comediante Marcelo Adnet, o cineasta Andrucha Waddington, a atriz Fernanda Torres, o diretor Boninho e o jogador de futebol Kaká.

O músico Júnior, do AfroReggae, comentou que, naquele público, o tucano estava bem representado:

—Aqui tá tudo certo. Está na hora de irmos para a periferia —disse, obtendo a anuência do candidato.