Jantar reúne Aécio e Serra na casa de Kassab

Por Vera Magalhães

O ex-prefeito de São Paulo e presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, ofereceu na noite de domingo (27), em seu apartamento no Jardim Europa, um jantar em homenagem ao presidenciável tucano Aécio Neves (PSDB).

A recepção a Aécio mostra uma reaproximação entre os dois políticos. Em 2011, quando começou o processo de criação do PSD, Kassab se queixou da ação do PSDB, e do próprio senador mineiro, contra a iniciativa. Em 2012, o então prefeito de São Paulo vetou aliança de seu partido recém-criado com Marcio Lacerda (PSB), apoiado pelo tucano, e deu o tempo de TV ao petista Patrus Ananias.

O jantar também marcou o primeiro encontro público neste ano entre o pré-candidato do PSDB à Presidência e o ex-governador José Serra, que no fim do ano passado anunciou publicamente que não disputaria a indicação no partido, mas ainda mantém distância da campanha do mineiro.

Kassab saiu na frente ao anunciar ainda no ano passado apoio de seu partido à reeleição de Dilma Rousseff. Desde então, a presidente caiu nas pesquisas e há pressões de seções regionais do PSD para que a sigla reveja a decisão.

Em Minas, diferentemente da disputa municipal, desta vez Kassab avalizou acordo para que o PSD integre a chapa de Pimenta da Veiga, candidato de Aécio ao governo do Estado. Os deputados pessedistas de Minas também não escondem que farão campanha para o tucano, e não para Dilma.

Estavam presentes no apartamento de Kassab o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, pré-candidato ao Senado por São Paulo, deputados de vários partidos, empresários e membros da Associação Comercial de São Paulo, onde Aécio dá palestra nesta segunda-feira.

Em março, Kassab já havia recebido o também pré-candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB) para jantar, em evento do qual participou até mesmo um ministro de Dilma, o pessedista Guilherme Afif (Micro e Pequenas Empresas).