Queixas de falta d’água crescem 115%, contrariando dados do governo de SP

Por Painel

Boca no trombone As reclamações de falta d’água que chegam à agência reguladora de saneamento de São Paulo cresceram 115% no primeiro bimestre em relação ao mesmo período de 2013. O dado contraria informação do governo do Estado de que as queixas à Sabesp permanecem estáveis. A Arsesp, instância alternativa para a comunicação de usuários, recebeu em janeiro e fevereiro deste ano 355 críticas sobre interrupção de abastecimento, contra 165 nos primeiros dois meses do ano passado.

Hedge A explicação de que as queixas se mantêm estáveis tem sido usada por Geraldo Alckmin (PSDB) para negar a existência de racionamento não assumido.

Contra Nem toda a cúpula do Palácio do Planalto gostou das três horas de entrevista de Lula a blogueiros. Os mais fiéis a Dilma Rousseff criticaram a exposição do ex-presidente, que teria atiçado a militância pelo seu retorno.

Pró Por outro lado, o governo já começou a seguir a sugestão do ex-presidente de ampliar os canais de comunicação com os eleitores. Ministros, entre eles Guido Mantega (Fazenda), vão aumentar o número de entrevistas para explicar ações da gestão.

Bê-a-bá A ida de Dilma a Porto Alegre hoje para participar da formatura de alunos do Pronatec visa aumentar a divulgação do programa de ensino técnico. Pesquisas revelaram que, apesar de ser uma das principais vitrines da campanha à reeleição, o programa é desconhecido.

Nitidez Sondagens qualitativas feitas pelo PT mostraram eficácia maior da propaganda de Aécio Neves (PSDB) que a de Eduardo Campos (PSB) no grupo de indecisos amplo (que inclui quem vota branco e nulo). O tucano foi mais identificado como de oposição ao governo federal.

Café com leite Aécio defendeu ontem em almoço com deputados tucanos paulistas que a convenção do PSDB para oficializar sua candidatura à Presidência aconteça em São Paulo.

É carioca O tucano desenhou também um quadro dos palanques no país. Disse ter certeza de que, ainda que o PMDB do Rio apoie Dilma formalmente, parte do partido estará com ele no Estado.

Caixa postal Nestor Cerveró cortou comunicação com a oposição. Tucanos acham que ele foi convencido a não depor na Câmara na próxima quarta-feira sobre a compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras.

Procuração Diante do sumiço, o líder do PSDB, Antônio Imbassahy (BA), quer que o Ministério da Justiça e a Procuradoria-Geral da República ouçam o ex-diretor.

A jato O PMDB levou menos de 24 horas após a desistência de Gim Argello (PTB) para indicar o consultor legislativo Bruno Dantas para o TCU. O nome foi sugerido em almoço com Dilma ontem.

Rocardo Berzoini

Intensivo A maratona de contatos de Ricardo Berzoini com a base aliada fez com que se formasse até fila de espera na Secretaria de Relações Institucionais. Os encontros levam no máximo 30 minutos, sem prorrogação.

Pressão Parentes das vítimas do acidente da TAM de 2007 protocolaram na Justiça Federal parecer do criminalista Pierpaolo Bottini que reforça o pedido de condenação da ex-diretora da Anac Denise Abreu por dolo eventual.

Visita à Folha Marco Antonio Zago, reitor da Universidade de São Paulo, visitou ontem a Folha, onde foi recebido em almoço. Estava com Vahan Agopyan, vice-reitor, Margarida Kunsch, diretora da Escola de Comunicações e Artes, e José Coelho Sobrinho, professor da ECA.

TIROTEIO

“Enquanto uma dona de casa de Guarulhos tem água um dia sim, dois não, Alckmin aumenta em 22% o consumo de seu palácio.”

DE EMÍDIO DE SOUZA, presidente estadual do PT-SP, sobre o aumento de uso de água no Palácio dos Bandeirantes em janeiro, durante crise de abastecimento.

CONTRAPONTO

Milagre eleitoral

A deputada estadual Célia Leão (PSDB) chegou atrasada ao almoço oferecido pela bancada tucana ao presidenciável Aécio Neves, ontem em São Paulo.

Ela, que é paraplégica desde 1974 por causa de um acidente de carro, se queixou das escadarias para alcançar o salão em que acontecia o encontro, no segundo andar de um restaurante nos Jardins.

Ao cumprimentar o tucano, relatou as dificuldades para subir ao local, mas emendou:

— Não se preocupe, para ver o presidente eu até ando se for preciso!