Petistas iniciam disputa por vice-presidência da Câmara

Por Bruno Boghossian

Menos de uma hora depois do anúncio de que André Vargas (PT-PR) renunciaria à 1ª vice-presidência da Câmara, na quarta-feira (9), deputados do PT passaram a fazer uma discreta campanha pela vaga. Nos corredores da Casa, petistas faziam cálculos do apoio que cada corrente da sigla conseguiria articular.

Os nomes cotados para o posto, segundo integrantes da sigla, são José Guimarães (da tendência Construindo um Novo Brasil, a mesma de Vargas), Paulo Teixeira (Mensagem ao Partido) e Marco Maia (que disputaria como um candidato “independente”).

Pelo acordo de rodízio da direção da Câmara firmado com o PMDB e outros partidos, os petistas teriam direito à 1ª vice-presidência até o fim dessa legislatura, em janeiro de 2015.