Na TV, FHC defende ‘nova geração’ na política

Por Vera Magalhães

Banido da propaganda nacional do PSDB durante vários anos, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso protagoniza uma inserção de TV do partido que vai ao ar a partir deste sábado (12).

No filme, que a coluna antecipa, FHC faz referência aos protestos de junho de 2013 para pregar a renovação na política. “Os brasileiros, nas ruas, deixaram bem claro: se a política não mudar, o país também não vai mudar”.

O ex-presidente diz que é hora de dar “lugar à nova geração”, e que, por isso, o PSDB escolheu Aécio para presidir o partido. “Aécio governou Minas e foi escolhido várias vezes o melhor governador do Brasil”.

A despeito de pesquisas que mostram que FHC mais retira do que leva votos a um candidato, Aécio tem apostado todas as fichas em colar sua imagem à do ex-presidente. FHC tem ciceroneado o presidenciável tucano em encontros com empresários e antigos auxiliares de seu governo, como Armínio Fraga, que comandou o Banco Central, atuam na pré-campanha e devem ter espaço num eventual governo do mineiro.