Líderes da base aliada perdem a posse de Berzoini

Por Bruno Boghossian

Líderes de partidos da base aliada se atrasaram e perderam a cerimônia de posse do novo articulador político do governo, Ricardo Berzoini.

Eduardo Cunha (PMDB) e Bernardo Santana (PR) chegaram ao Palácio do Planalto assim que o evento terminou.

Os dois partidos recentemente se rebelaram contra o governo Dilma Rousseff, mas se reaproximaram da gestão nas últimas semanas. Nenhum deles ouviu a exortação velada de Dilma, em seu discurso, para que o Congresso evite a CPI da Petrobras.

Até o líder do PT na Câmara, Vicentinho, se atrasou. Ele chegou correndo à cerimônia nos últimos minutos da fala de Dilma.

Berzoini (centro) conversa com Henrique Alves (direita) no plenário da Câmara em 2013 (Foto Sergio Lima/Folhapress)
Berzoini (centro) conversa com Henrique Alves (direita) no plenário da Câmara em 2013 (Foto Sergio Lima/Folhapress)