Serra vê ‘jogo de ineptos’ em rebaixamento da nota do Brasil

Por Vera Magalhães
serra
O ex-governador José Serra, para quem avaliação de agências de risco é “fictícia” (Foto Silva Júnior/Folhapress)

O ex-governador de São Paulo e ex-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, classificou como um “jogo de ineptos” a notícia de que a agência de risco Standard & Poor’s reduziu nesta segunda-feira (24) a nota de avaliação do Brasil de “BBB” para “BBB-“.

Apesar da queda, a nota do país continua no chamado grau do investimento –ou seja, de mercado considerado seguro para se investir. Mas está no menor nível dentro desse patamar, segundo os critérios de análise da agência.

“Trata-se de um jogo entre uma agência reconhecidamente inepta e um governo reconhecidamente inepto. A junção dessas duas coisas pode ser extremamente prejudicial para o Brasil”, afirmou à coluna.

A crítica do tucano ao trabalho das agências de risco é antiga. Em 2009, acusou outra delas, a Austin Ratings, de estar “a serviço dos especuladores” por ameaçar rebaixar a nota do governo paulista, que comandava.

Para o tucano, a redução da nota do Brasil não se justifica pelas razões que a S&P alega, uma vez que “o Brasil não está nem remotamente perto de um calote”. Apesar disso, o governador afirma que há sérios problemas de outra natureza na condução da economia pelo governo Dilma Rousseff, que não são avaliados por essas agências.

“Portanto, trata-se de uma classificação fictícia”, afirmou o tucano.