Lewandowski e aluno ‘encenam’ em aula duelo com Barbosa

Por Vera Magalhães

—Vossa Excelência está fazendo chicana!

—Peço que Vossa Excelência se retrate imediatamente!

O diálogo acima não ocorreu no plenário do Supremo Tribunal Federal, mas um dos protagonistas é o mesmo: o ministro Ricardo Lewandowski.

A cena ocorreu na manhã de segunda-feira (24) no curso de Teoria do Estado da Faculdade de Direito da USP, no largo São Francisco.

Um dos alunos do primeiro semestre avisou a Lewandowski que, no final da aula, os alunos fariam uma brincadeira com ele. O ministro, então, avisou que não poderia dar a aula, pois teria uma banca de doutorado naquele horário.

Ia apresentando sua substituta quanto um aluno ficou de pé e, imitando a postura do presidente do STF, Joaquim Barbosa, debruçado sobre o encosto da cadeira, lançou a acusação de “chicana” que marcou o julgamento do mensalão.

Lewandowski levou poucos segundos para entender a brincadeira e, rapidamente, entrou no clima e respondeu da mesma forma com que reagiu a Barbosa no ano passado.

A classe de “calouros” explodiu em gargalhadas e aplausos diante da cena, registrada em vídeo por um dos estudantes.