Ideli cobra fidelidade do PT na Câmara

Por Bruno Boghossian
A ministra Ideli Salvatti, que nesta quarta ouviu queixas do PT (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
A ministra Ideli Salvatti, que nesta quarta cobrou unidade do PT (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

Em reunião na manhã de hoje, a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) tentou convencer deputados do PT a “distensionar” as relações entre a bancada do partido e o governo. No Palácio do Planalto, persiste o entendimento de que alguns petistas alimentaram a rebelião liderada pelo PMDB que provocou a formação de um “blocão” de parlamentares insatisfeitos e rendeu derrotas à presidente Dilma Rousseff na Câmara.

Nos bastidores, o governo cobra empenho dos deputados do PT para defender a gestão de Dilma e barrar qualquer pauta negativa que surja no Congresso. Integrantes do Planalto dizem que faltou “unidade” ao partido nas votações da semana passada, quando o grupo encabeçado pelo PMDB conseguiu aprovar a criação de uma comissão para investigar a Petrobras.

Hoje à noite, um time de dez deputados petistas afinados com a bancada peemedebista participará de um jantar com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).